Como acontece a catequese acontece em nossa comunidade?

A catequese mistagogica faz parte do processo de transmissão da fé. Não é uma maneira lúdica ou mesmo com “histórias sobre a Bíblia” é transmitida de forma orante. A cada encontro a catequista motiva as crianças, através da oração, um aspecto da vida cristã tendo sempre como parâmetro a Palavra de Deus, por isso, é fundamental o uso da Bíblia na catequese.

Na Igreja Primitiva ( entre os ano 50 a 100) era uma prática comum. Depois por algum tempo foi deixada de lado e agora retorna com total força. Não é uma sessão “decorar” e sim “Celebrar”, “entender” e “vivenciar”.

“ A catequese deve fazer muito mais do que afirma que Deus quer a Salvação do gênero humano. Ela deve ser um sinal eficaz desta Salvação. Em outras palavras, se apresenta não como aquele que diz que Deus salva, mas como o sinal em atos da própria salvação de Deus: uma ação catequética que não se separa da diaconia” (Confira Itinerário Biblico-Catequetico – iniciação a vida cristã um processo de inspiração catecumenal:Comissão Bíblica Pastoral para a Animação Bíblica Catequética)

Este novo processo de formação catequético visa formar não mais que foram batizados e não evangelizados. Esta nova forma de fazer catequese gera dentro do católico uma conversão pastoral, ou seja há uma tomada de consciência sobre os princípios fundamentais da vida comunitária que são:

A) Participação na Missa (Eucaristia) A missa se torna celebração da vida e não para cumprir mero rito dominical. Quando as crianças chegam a Igreja não tem noção do que é a missa. Aos poucos vão se familiarizando e conhecendo as orações. A presença dos pais ou dos responsáveis legais é fundamental. Os tempos litúrgicos são espaços que serão valorizados dentro desta proposta catequética. Alguns sinais fortes de nossa fé serão entregues as crianças. Estes sinais expressam a nossa forma de ser e pensar a Igreja Católica, como por exemplo: a bíblia, o terço, a vela, o credo, o pai-nosso, a consagração a Nossa Senhora Aparecida entre outros. A semana santa toma novo sentido quando é celebrada com o coração. Por isso a importância das crianças e dos responsáveis nas celebrações da semana santa.

B) Vida de oração (ler a bíblia em casa), quando aprendem a procurar na Bíblia capítulos e versículos logo começam a perceber a importância da leitura da Bíblia, mesmo que em um primeiro momento não entendam muito a Palavra, aos poucos é explicada, vivida e celebrada A pastoral familiar incentivará visitas e encontros para orientar a nossa vida de oração.

C) Envolvimento com a vida a comunidade: A paróquia não pode ser um local apenas para alguns momentos da vida. Ela é a expressão “viva da catolicidade”. Não é o lugar onde somente se busca os sacramentos e os sacramentais, ela deve ser, o lugar do encontro dos irmãos na fé, da  oração, da busca de Deus. Conhecemos pessoas que dizem que rezam em casa ou que não fazem mais referência a paróquia. O documento de Aparecida nos alerta: “Se queremos que as nossas paróquias sejam centros de irradiação missionária em seus próprios territórios, elas devem ser também lugares de formação permanente. Isso exige que se organize nelas o acompanhamento e o amadurecimento de todos os agentes pastorais e dos leigos inseridos no mundo”(Confira Documento Aparecida, 36). Ninguém está excluído da vida da comunidade, seja qual for a sua família ou a sua condição de vida. Há espaços para todos! Na comunidade dos seguidores de Jesus não deve existir exclusão ou separatismos.

D) A presença dos responsáveis junto as reuniões e celebrações são INDISPENSÁVEIS para a fixação do processo de transmissão da fé. Somente assim as crianças se sentirão valorizadas e  poderão perceber a grandeza de sua missão.

 Não nos esqueçamos que: o tempo de duração da Catequese:

Dura aproximadamente dois anos (2 ANOS)  começando em MARÇO DE 2017 terminando em Novembro de 2018. Recordo que as datas serão pré-agendadas no inicio do ano e serão comunicadas logo na primeira reunião de pais. Este período é necessário, pois na verdade ainda é um tempo bem curto para aprofundar a fé.

A criança precisa cumprir 75% de presença nas atividades e os pais nas reuniões

A catequese começa as 14h00 na igreja com a oração e logo depois as crianças são direcionadas para as salas onde com os catequistas. Na seqüência a Missa as 15h30 terminando aproximadamente as 16h30.

Qual o conteúdo apresentado da fé apresentados as crianças.

Nossas catequistas já há muito tempo desprendem seu tempo em aprofundar a fé com as crianças. O conteúdo da fé e basicamente feito em dois pilares: o Catecismo da Igreja Católica e a Bíblia Ave Maria outras traduções podem ser usadas, porém necessitam de uma explicação previa do Padre). Também é usado um livro como forma de orientação para as crianças. Este livro é distribuído gratuitamente pela comunidade é fruto das doações de nossos dizimistas. Muitas crianças já chegam à paróquia sabendo rezar: O Pai Nosso, Ave Maria, Creio, Ato de Contrição etc… São orações que devem ser ensinadas em casa.  No primeiro ano se da ênfase ao Antigo Testamento, ou ao Povo da Antiga Aliança.

No segundo ano se da ênfase a vida em Cristo e aos Sacramentos e a vida moral. A Catequese não é uma “escola” a catequese é um espaço de ambientação com Deus através dos irmãos.